Ligação de Microgeração ou Minigeração de Energia – Sistema de Compensação de Energia

Estar com as instalações elétricas de acordo com as normas técnicas; 

* Submeter o projeto das instalações elétricas à aprovação da Cosern;


Será classificado como Microgeração as Centrais de energia elétrica com potência instalada igual ou inferior a 75 kW e como Minigeração as Centrais de energia elétrica com potência instalada superior a 75 kW e menor ou igual a 3MW para fontes hídricas ou menor ou igual a 5MW para cogeração qualificada, conforme regulação da ANEEL, ou para demais fontes renováveis de energia elétrica.


Segundo o Art. 2º da Resolução Normativa nº 687/2015, que abrange os termos do inciso LX, art. 2º da Resolução Normativa nº 414, de 9 de setembro de 2010, a potência instalada da Microgeração ou Minigeração fica limitada à potência disponibilizada. Nas unidades consumidoras do grupo B, o limite é a resultante da multiplicação da capacidade nominal de condução de corrente elétrica do dispositivo de proteção geral da unidade consumidora pela tensão nominal, observado o fator específico referente ao número de fases, expressa em quilovolt-ampère (kVA). Nas unidades consumidoras do grupo A, fica limitada à demanda contratada, expressa em quilowatts (kW). Caso deseje instalar Microgeração ou Minigeração Distribuída com potência superior a disponibilizada atual, deve-se solicitar o aumento da potência disponibilizada ou de demanda para que seja compatível com o valor desejado de geração.​

* Formulário de solicitação de acesso para Microgeração Distribuída, conforme Anexo I da Norma de Conexão de Microgeradores, caso necessário;

* Formulário específico de Informações Básica por tipo de fonte geradora, conforme Anexo I da Norma de Conexão de Minigeradores,caso necessário;

* Carta de solicitação de acesso;

* Projeto das instalações de conexão, incluindo memorial descritivo,  localização, arranjo físico e diagramas;

*ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) de projeto do Sistema de Geração Distribuída (A atividade Técnica deverá ser “PROJETO / GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA / SISTEMA DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA” e a unidade da quantidade deverá ser "kW");

* Lista contendo as Unidades Participantes do Sistema de Compensação de Energia, conforme Anexo IV da Norma de Conexão de Microgeradores e Anexo III da Norma de Conexão de Minigeradores;

* Dados necessários ao registro da central geradora conforme disponível no site da ANEEL que são:
 
  • Quantidade de Módulos;
  • Fabricante dos Módulos;
  • Potência dos Módulos (kWp);
  • Quantidade de Inversores;
  • Fabricante do Inversor;
  • Potência dos inversores (kWp);
  • Área dos arranjos (m²). 

* Caso o titular da instalação seja Pessoa Jurídica: Cartão CNPJ e Contrato social ou estatuto social da empresa; RG/CPF do responsável legal (titular ou representante legal devidamente autorizado); Procuração, caso seja necessário;

* Carta de Autorização do responsável legal para o projetista, devidamente assinada;

* O Formulário de Informações Básicas, o Formulário de solicitação de acesso, a Carta de solicitação de acesso, o Formulário de Registro, o Projeto das instalações de conexão (incluindo memorial descritivo e diagramas) e a ART deverão estar assinados pelo responsável técnico e pelo responsável legal;

* Todos os documentos necessários deverão ser apresentados por meio digital. Isto significa que a entrega de toda documentação necessária, incluindo memorial descritivo e plantas do projeto, deverá ser feita à concessionária por meio de um CD, para cada solicitação, a ser entregue nas Lojas da Coelba, Coelba Serviços ou ao consultor Clientes Corporativos (CCO). Orientamos que o projeto deva ser dividido em três arquivos na extensão pdf. Os arquivos devem estar legíveis com os desenhos na escala adequada de forma a possibilitar a visualização e análise. Os arquivos devem ser nomeados da seguinte forma:​
 
  • Arquivo 01: Documentação:
  • Arquivo 02: Memorial:
  • Arquivo 03: Plantas:​​​

Não há cobrança de taxa para este serviço.

OBS.: Os custos referentes à adequação do sistema de medição, necessário para implantar o sistema de compensação de energia elétrica, são de responsabilidade do interessado.​​​